Butantan recebe 725 mil testes de coronavírus vindos da Coreia do Sul

15.04

O Instituto Butantan recebeu, nesta terça-feira (14), 725 mil testes para identificação do novo coronavírus. A entrega faz parte dos 1,3 milhão de testes para diagnóstico que serão importados da Coreia do Sul até o dia 25 de abril.

A chegada do primeiro lote deve ampliar a capacidade de processamento de exames em todo estado de São Paulo. A rede, que atuava com 2 mil testes por dia, terá capacidade de processar até 8 mil amostras diariamente por meio do sistema RT-PCR (Reação da Transcriptase Reversa), quando estiver operando em plena capacidade. Para isso, foram investidos R$ 85 milhões.

“Fizemos um grande esforço nos últimos dias para construir uma rede bem estruturada, com profissionais capacitados, equipamentos modernos e insumos suficientes para o processamento das amostras. Com isso o Estado de São Paulo não só dará conta da demanda reprimida por exames como terá capacidade para realizar todos os exames de amostras coletadas e disponibilizar o laudo em até 48 horas”, afirma o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas. 

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, os testes serão distribuídos para os 34 laboratórios que integram a plataforma coordenada pelo Butantan. Além do reforço na importação, o IB possui mais 90 mil testes e 44 mil enviados pela Fiocruz.